Carnaval terá seis dias de fiscalização intensa com a Operação Viagem Segura

Carnaval terá seis dias de fiscalização intensa com a Operação Viagem Segura

~Empenhando esforços para a redução da acidentalidade, Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM estão mobilizados para os seis dias da Viagem Segura de Carnaval. A operação tem início à zero hora desta sexta-feira (09) e se estende até a meia-noite de quarta (14).



Na saída para o feriadão ocorre, na Capital, a Megablitz, somando os esforços de DetranRS, EPTC e Polícia Civil a esta 85ª Operação. Com especial atenção à prevenção de acidentes provocados pelo consumo de álcool, a Balada Segura também está trabalhando no Litoral durante todo o período de veraneio.



Na análise estatística do DetranRS, o Carnaval não está entre os feriados mais violentos no trânsito, mas o grande movimento esperado nas estradas e a tradição de consumo de álcool nas festas inspira cuidados redobrados. A média nos últimos onze anos foi de 5,4 vítimas fatais/dia no feriadão de Carnaval, abaixo da média geral dos 15 feriados prolongados em que é realizada a operação (6,5 mortes/dia). No ano passado, foram 29 mortes nos seis dias de operação, considerando as pessoas que vêm a óbito até 30 dias pós-acidente.



Sobre a Viagem Segura



Com seis anos completados no último feriado de 15 de novembro, a Operação tem como principais parceiros Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM), DetranRS e Polícia Civil. Também colaboram órgãos de trânsito municipais (EPTC em Porto Alegre), ANTT, DNIT, Cetran/RS, DAER, EGR, Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club e o Instituto Zero Acidente.



Nas 84 edições já realizadas até o momento, mais de 5,1 milhões de veículos foram fiscalizados. O resultado foi a autuação de 892,6 mil infrações, o recolhimento de mais de 86 mil veículos e 23 mil Carteiras Nacionais de Habilitação. Foram realizados 184 mil testes de etilômetro, que registraram 15,3 mil infrações por alcoolemia, além de outras 2,3 mil por recusa ao teste.

CFC Master - CFC,CENTRO DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES,AUTO ESCOLA,DETRAN MASTER IJUI